Ouvidoria resolveu 73% dos casos

julho 18, 2007 às 5:16 pm | Publicado em Disque-Mulher, Disque-racismo, Estatísticas, Ligue-Idoso, Noticias, Ouvidoria, Palácio Guanabara | 5 Comentários

A Ouvidoria da SEASDH e o serviço de tele-atendimento registram até o mês de julho 1.451 atendimentos realizados nas dependências da Secretaria no anexo do Palácio Guanabara, pelos telefones do disque-idoso, racismo e mulher. Somente 5,65% dos casos ainda aguardam solução. A maioria, cerca de 30,2% foram encaminhados a outras secretarias para solução e a Ouvidoria conseguiu resolver imediatamente 73.8% dos casos.

Anúncios

5 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Parabéns ao excelente trabalho quevocê Marco e sua equipe estão desenvolvendo na Ouvidoria

    Débora Santos

  2. Espero que o governo do Estado possa aproveitar esses dados para planejar políticas públicas mais eficiente.

  3. venho por meio deste, solicito a permanencia da parte social da farmacia popular de Nova Iguaçu visto que a algumas está em fase de construçao para o modelo federal a farmacia popular vital Brazil, tem feito uns trabalhos com o grupo da 3° idade e seus familiares que apos sofrerem lguns constrangimentos ela faz um trabalho de autoestima, inclusao social, fazendo o resumo de sua vida.
    atravez de:incluindo reforma, eventos domicilios, oficinas dentro da farmacia popular (artesanato e coral),que nao pode acabar, pois todos nos precisamos desta terefas pois promove a nossa qualidade de vida. precisamos de espaço para continuar os nosso trabalhos.
    nao deixe acabar!

    anisio mourais de silva
    jane cardoso nascimento
    anna ladir
    para este foi prescrito por psicologos que frequentassem uma terapia ocupacional.
    sou voluntaria na farmacia e estou tendo um bom resultado com eles.
    anete louzada.

  4. venho por meio deste, solicito a permanencia da parte social da farmacia popular de Nova Iguaçu visto que a algumas está em fase de construçao para o modelo federal a farmacia popular vital Brazil, tem feito uns trabalhos com o grupo da 3° idade e seus familiares que apos sofrerem lguns constrangimentos ela faz um trabalho de autoestima, inclusao social, fazendo o resumo de sua vida.
    atravez de:incluindo reforma, eventos domicilios, oficinas dentro da farmacia popular (artesanato e coral),que nao pode acabar, pois todos nos precisamos desta terefas pois promove a nossa qualidade de vida. precisamos de espaço para continuar os nosso trabalhos.
    nao deixe acabar!

  5. ainda nao me responderam


Deixe uma resposta para Tavares Netto Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: